ANTENA DO POP - Diariamente o melhor do mundo POP, GEEK e NERD!
Shadow

Produtor de Grey’s Anatomy revela conflito criativo com Shonda Rhimes por causa de uma narrativa importante de Meredith e George

Resumo

  • Anatomia de Grey enfrentou um desentendimento crucial sobre um enredo envolvendo Meredith Gray e George O’Malley, com alguns produtores argumentando contra eles dormirem juntos.
  • A decisão de reunir Meredith e George na segunda temporada foi polarizadora, causando um debate acalorado entre os fãs do programa.
  • Apesar da controvérsia, o enredo finalmente fortaleceu o vínculo entre Meredith e George, com seus papéis na situação reconhecidos e seu relacionamento se aprofundando ao longo do tempo.


Anatomia de Grey, o principal drama médico da ABC, conhece bem os desafios da produção de TV, onde criadores e produtores frequentemente se enfrentam sobre os arcos dos personagens. Sua reputação de evocar emoções fortes e gerar respostas intensas do espectador veio acompanhada de sua cota de debates. Uma revelação feita por um antigo produtor lança luz sobre um desacordo crucial que pode ter alterado o curso da série. Antigo Anatomia de Grey o escritor e produtor Tony Phelan, que também atuou como co-showrunner ao lado de sua esposa Joan Rater, compartilhou um desentendimento crucial com o criador da série, Shonda Rhimes. Esta revelação dramática foi feita durante sua entrevista no Hollywood em casa com a Creative Coalition podcast, onde estava promovendo sua nova minissérie, “Uma pequena luz.”

Phelan discutiu um enredo específico da segunda temporada de Grey’s Anatomy que girava em torno da personagem de Ellen Pompeo, Meredith Grey. A trama em questão viu Meredith tendo um surpreendente caso de uma noite com George O’Malley, interpretado por TR Knight. Seguiu-se um debate apaixonado entre Phelan e Rhimes sobre a direção narrativa. Phelan expressou suas preocupações, afirmando:

“Lembro que tivemos uma grande discussão… sobre Meredith dormir com George. Eu pensei, ‘se ela dorme com George, nós simplesmente a odiamos’.”

Rhimes, sempre o contador de histórias independente, respondeu com,

“Não, posso me imaginar fazendo isso nessa idade. E então você terá que lidar com o fato de eles terem arruinado o relacionamento. Temos que fazer isso.”

Aqueles que acompanham o programa muitas vezes se lembram da intrincada relação entre George e Meredith. No início, George nutria sentimentos por Meredith, enquanto ela estava fixada principalmente em Derek, interpretado por Patrick Dempsey. O relacionamento deles era principalmente platônico até que George, encorajado por Izzie (Katherine Heigl), deu um salto de fé para expressar seus sentimentos. Uma noite emocionante e uma sequência de acontecimentos depois, eles acabaram compartilhando um momento íntimo.

RELACIONADOS: Grey’s Anatomy: todos os episódios de Halloween da série, classificados


Escolhas controversas: a dinâmica Meredith-George que abalou os fãs de Grey’s Anatomy

Ellen Pompeo e TR Knight como Meredith e George em Grey's Anatomy 2
abc

A decisão de reunir Meredith e George na segunda temporada, episódio 18, intitulado “Ontem“, foi polarizador. As consequências foram confusas; o colapso emocional de Meredith e a humilhação de George eram palpáveis. Embora o incidente tenha se tornado um momento decisivo para o desenvolvimento do personagem de George, levando-o a se tornar o próximo personagem depois de Meredith a oferecer a narração do episódio, também acendeu um fogoso debate entre os fãs.

As opiniões do público foram divididas. Alguns achavam que a culpa era de Meredith, que estava profundamente apaixonada por Derek, enquanto outros acreditavam que foi o afeto implacável de George que levou ao cenário desconfortável. No entanto, como acontece com muitos relacionamentos da vida real, a culpa não era unilateral. Ambos os personagens eventualmente reconheceram seus papéis na situação e, como resultado, seu vínculo se aprofundou.

Este enredo ressaltou a importância de George na vida de Meredith, um sentimento ecoado em episódios posteriores como a 17ª temporada, onde Meredith semiconsciente imagina uma conversa com George, relembrando seu profundo impacto sobre ela. As aparições subsequentes de George como espírito em episódios como o Dia dos Mortos O segmento da 15ª temporada destaca ainda que, apesar dos desafios, esse arco narrativo acabou fortalecendo o vínculo entre os dois personagens.

No mundo volátil do drama televisivo, sempre haverá divergências sobre os arcos dos personagens e os rumos da história. No entanto, como o enredo Meredith-George em Anatomia de Grey mostras, às vezes são as decisões mais arriscadas que produzem os momentos mais memoráveis ​​​​e profundos da história de um programa.