ANTENA DO POP - Diariamente o melhor do mundo POP, GEEK e NERD!
Shadow

Dragon Age dispensado: desenvolvedores de Dreadwolf processam a BioWare para melhor indenização

4201216 dreadwolf

Em agosto, a BioWare demitiu 50 funcionários que supostamente trabalhavam em Dragon Age: Dreadwolf. Agora, sete desses funcionários estão processando o estúdio em Alberta, alegando que a indenização que receberam foi muito baixa.

De acordo com GamesIndustry.biz, os demandantes afirmam que a maioria dos casos de demissão sem justa causa em Alberta dá aos funcionários afetados pelo menos um mês de indenização por demissão por ano de serviço, mais “o valor integral de todos os benefícios incluídos”. Os demandantes afirmam ainda que a indenização que receberam foi “significativamente menor” do que isso. Os demandantes teriam, cada um, um mandato médio de 14 anos na BioWare.

Jogando agora: Dragon Age: Trailer cinematográfico oficial do jogo DreadWolf

Em comunicado, a equipe também alegou que a BioWare não negociaria a indenização oferecida. Um deles disse que os NDAs em torno do projeto Dreadwolf significam que eles não podem mostrar nenhum trabalho recente do jogo em seus portfólios, o que os deixa “muito preocupados” com suas perspectivas de encontrar outro emprego na indústria. O advogado do grupo, R. Alex Kennedy, afirmou ainda que a BioWare pode ter incluído disposições nestes acordos que são “contrárias ao Código de Padrões de Emprego”.

Até agora, a BioWare não respondeu publicamente a estas alegações. Se a empresa o fizer, atualizaremos este artigo de acordo.

Dragon Age: Dreadwolf foi anunciado pela primeira vez no The Game Awards em 2018 e ainda não tem data de lançamento. Jeff Grubb, da Giant Bomb, relatou que a BioWare pode estar atualmente planejando um lançamento no verão de 2024, mas que Dreadwolf pode facilmente chegar a 2025.

Os produtos discutidos aqui foram escolhidos de forma independente pelos nossos editores. A GameSpot pode receber uma parte da receita se você comprar qualquer coisa apresentada em nosso site.